Hino de Custódia

Da fazenda Santa Cruz surgiste um dia
Cheia de encanto em campo verdejante
De terras que doadas por teus filhos
Se tornaram de belezas fascinantes.
Custódia, terra querida
Berço amigo de gente de valor
És livre pelo esforço de teus filhos
Que te adoram e te amam com fervor.
Acolhestes em teu seio jesuítas
Deste pouso e hospedagem a feirantes
Ergueram-se casas e moradas
Pra descanso de tropeiros e passantes.
Custódia, terra querida
Berço amigo de gente de valor
És livre pelo esforço de teus filhos
Que te adoram e te amam com fervor.
Não importa qual origem és Custódia
Com o Rio Moxotó a te banhar
Santuários onde são feitas romarias
E igrejas onde o povo vai rezar.
Custódia, terra querida
Berço amigo de gente de valor
És livre pelo esforço de teus filhos
Que te adoram e te amam com fervor.
O tempo te tornou desenvolvida
Em cidade de cultura superior
E hoje, Custódia és dotada
Em progresso de grande real valor.
Custódia, terra querida
Berço amigo de gente de valor
És livre pelo esforço de teus filhos
Que te adoram e te amam com fervor.